domingo, maio 08, 2005

Quando eu Decidi

"... Quando eu decidi ficar límpido
e buscar corpo a corpo a infelicidade
para jogar os dados,
encontrei a mulher que me acompanha
a torto e direito
na noite
na nuvem e no silêncio..."

(Pablo Neruda)


" ...Chame do jeito que quiser:
medo, coragem ou amor...
... faça disso o que quiser:
é um presente que eu te dou..."

(Humberto Gessinger)



Nenhum comentário: