quarta-feira, dezembro 07, 2005

Por hoje é só

A minha vida inteira pela frente
e a dor é o bastante.
Corrigir as ruas sem nomes,
e o jardim das flores murchas.
Não olhar pra trás,
não lembrar dos outonos
é necessário para aprender a amar.
Talvez amanhã eu aprenda,
por hoje é só.

É só por hoje
que quero o amor cego,
o amor cortês
o amor burguês
o amor platônico
o amor amor!

É só por hoje
que quero você.


Lee Flôres Pires

Nenhum comentário: