sábado, janeiro 28, 2006

Prológio

O relógio corre.
A cabeça não aguenta
a inevitável sensação de que as pessoas se repetem.
E quando eu mais preciso
as palavras silenciam.

Lee Flôres Pires - fim de tarde 18:30hs 20-01-2006

Nenhum comentário: