domingo, maio 18, 2008

A chuva


Eu estava...

Meu corpo,
meu peito
em pé.

Eu era
habitado.

Senti
um sobressalto.
Era noite de chuva
e a chuva caía de acordo com ela,
de acordo com sua última lágrima.

Nenhum comentário: