terça-feira, setembro 09, 2008

Meu mundo (é)terno


a Estrela Matutina


Meu bem...
não me fale de vertigem.
Não me fale de vidas amargas.
Porque quando estou ao teu lado,
só quero jardim...
só quero jasmim...

Não me fale do medo
de ter medo
de olhar pra mim.
Andemos e juntemos nossas mãos,
Porque quando estou ao teu lado,
só quero jardim...
só quero jasmim...

Não pergunte que horas são,
aonde estamos,
aonde é que vai dar...
se o trem já passou,
não importa a rota,
pois já não há derrota,
já não há inverno.

Por isso, meu bem...
olhemos a eterna primavera
quando cruzarmos o olhar,
e esqueçamos o relógio da vida...

... porque quando estou ao teu lado,
o tempo não acaba mais.


Lee Flôres Pires

2 comentários:

bruna disse...

Lindo!
É meu momento poesiado...

Yara disse...

Inútil perguntar as horas para o relógio que marca apenas as matutinas.

.........

Não abandone os fãs.
=)