quinta-feira, abril 02, 2009

O transe e a transa

Rende-se na cama
e ama
a lua crescente
a boca e a serpente.

Clama
a lua
e a dança
o transe e a transa...
passado, futuro,
presente:

- Vem! Me bebe!
Sede afogada.
Na beira da manhã
(cortina fechada)
mora o gozo
da bruxa
de loucas entranhas.


Lee Flôres Pires

Nenhum comentário: