quinta-feira, agosto 29, 2013

Ampulheta

Sempre vejo a mesma flor,
alegre, reinventando o amor,
uns em azul, outros em violeta.

De/lírios, noite, lilás,
aroma, licor e cais,
de bailarina
e baionetas
sem fim.

Lee Flôres Pires

Nenhum comentário: