terça-feira, setembro 22, 2015

Efêmero

Córrego de letras,
borboletas,
mágoas
e silêncio.

Lee Flôres Pires

3 comentários:

Graça Pires disse...

Obrigada pelas palavras deixadas no meu "Ortografia". Passarei aqui outras vezes.
Beijos.

Graça Pires disse...

Um rio onde desenhamos a sede...
Muito belo.
Beijo.

Lee Flôres disse...

Obrigado Graça :)