quinta-feira, setembro 17, 2015

Margem

Isto de tua mão ir fundo em minha pele,
acalma minhas águas,
a margem dos nossos lábios.

Lee Flôres Pires

Nenhum comentário: